Me banharei de esperanças

Ao nascer de cada dia

A fé me lavará o medo

E a amarga agonia

Empunharei minhas armas

Feitas só de valentia

Na genuína proposta

De me apropriar de alegria

Quando o amor me piscar o olho

Com seu sorriso que até arrepia

Deixarei que me tome o amor

Me envolva em sua melodia

Mônica Raouf El Bayeh

Comente com Facebook

Se quiser conhecer meus livros