– O tempo passa, sim. Mas, se for bem aproveitado, vira História. Faça bom uso.

– A gente não vem a passeio. Mas a diversão é garantida.

– Amor é como dente-de-leite. Quando cai é porque já não tem mais raiz. Não se desespere. Sempre aparece outro para preencher O buraco.

– Alguns sustos servem para acordar o que estava adormecido.

– O que você vê está visto. Arrumar desculpas não apaga o que já se sabe.

– Vida tem rédeas, não antolhos. Fique esperta.

– Enquanto houver ré e retorno, a gente chega a qualquer lugar.

– Só gasto minhas palavras com quem merece muito. Discutir desgasta.

– Quando a curva é perigosa, a gente diminui a velocidade. Na vida é igual. Pegue leve.

– Jogue fora aquele velho pensamento: ah, mas agora… Agora é melhor que nunca! Sempre é tempo de ser feliz.

Foto by Randy Scholten

Quer mais um dedo de prosa? Envie sua história, sugestões, dúvidas para monica.bayeh@extra.inf.br

Leia mais: http://extra.globo.com/mulher/um-dedo-de-prosa/dez-coisas-que-eu-descobri-pode-ser-que-sirvam-para-voce-10059012.html#ixzz4LMSh9xYe

Comente com Facebook

Se quiser conhecer meus livros