R$ 65.000,00. É o que vale o sorriso sonso do Crivella. Pago com o seu dinheiro, claro. Ele não tinha dinheiro para pagar pelos próprios dentes? Tinha. Ele mora numa mansão de doze milhões. Mas preferiu meter a mão no seu dinheiro. Consertou os dentinhos. Sabe para que? Para rir melhor da sua cara.

– Não é crime. Mas não é decente. Dinheiro público para um tratamento dental? Não é crime. Mas é ético?

E se prepare. Se para botar dentinhos novos foi tudo isso. Se esse homem resolver reformar as sobrancelhas, o município vai `a falência.

Já reparou? Não são só os dentes que são fakes. Tudo nele é forçado. O que é aquela fala silabada?

– E-u  v-o-u  c-u-i-d-a-r  d-e  v-o-c-ê

Além de esquisita, é meio ameaçadora, não? Lembra aquelas vozes metálicas de filme de terror. Tive pesadelos noites a fio! Uma fala programada para parecer mansa e te enganar.  Minha vontade, quando sou obrigada a escutar, é de jogar o chinelo nele.

Garotinho(indiciado por formação de quadrilha), Rodrigo Bethlem (ligado à máfia dos ônibus), Bispo Edir Macedo (preciso dizer mais?). Crivella é peça de jogo da Igreja Universal. Sem falar da corja do PMDB e dos milicianos que vieram à público para anunciar seu apoio. Olhe em volta dele. Crivella se cerca do que há de pior. Seu partido votou a favor da indecente PEC 241.

Atrás daquela fala falsamente mansa, há um lobo em pele de cordeiro. Um não. A matilha completa. Vorazes. Prontos a qualquer coisa para não largarem o osso.

Entre no Google e digite PSICOPATA. Veja o que aparece e me diga se Crivella, e seus amigos, se encaixam confortavelmente na classificação de psicopatia.

É perigoso, agressivo. Mas se faz de manso, simpático e bonzinho. Sempre com um sorriso nos lábios. Deixa um rastro de destruição por onde passa. Mas aparentemente é amigo. Só quer ajudar. Cuidar de você.

Mente que nem sente. Quando desmascarado, faz cara de paisagem. Desmente. Diz que não foi bem assim. Isso sem demonstrar nenhum traço de nervosismo. Sem tirar o sorriso falso do rosto.

Ator da melhor qualidade. Consegue enganar multidões. Por isso tantos estão na política. E ali permanecem para sempre. Porque são bons em iludir e em ir fazendo comparsas pelo caminho. Reconhece? Te lembra alguém?

Quando acusado, vira o jogo. Cospe a culpa sempre para o outro. Desfocar o centro das questões para escapar do confronto.

Manipula. Faz as piores barbaridades, sem um traço de culpa. Desculpas? Essa palavra ele não usa. Se usar, é teatralmente, para limpar a barra. Se fará sempre de coitado, de pobrezinho. Fez porque era imaturo. Fez, mas mudou agora.

O cara já era burro velho. Imaturo? É isso que ele vai dizer quando for confrontado na prefeitura? Ou não vai dizer porque não vai aparecer? E sumir como fez nos vários debates aos quais não compareceu?

Crivella acha que as escolas precisam é de meritocracia. Você sabe o que é meritocracia? Uma da grandes safadezas inventadas para provar que você não tem porque não merece. Se você não conseguiu, a culpa é sua. A maior injustiça legalizada dos últimos tempos.

Para Crivella, negros fazem parte de uma raça inferior. Mulheres devem ser obedientes. E católicos e espíritas são seres endemoniados. A boca fala o que o coração está cheio. O coração dele é preconceito puro.

E da musiquinha debochando de Nossa Senhora, você lembra? Você, que é católico. Ele debochou da sua mãe. Apoiou o pastor que chutou a imagem dela. Cantou musiquinha para rir do episódio. Sacaneia sua mãe e você ainda vota num cara desses? Que vergonha.

É porque Nossa Senhora é de boa paz. Se fosse comigo, tinha mandado um raio e acabado com ele.

Você que é espírita, macumbeiro, do candomblé, sabe que está colocando no poder as pessoas que mais perseguem, agridem, invadem e destroem seus terreiros? Depois que eles chegarem ao poder, não sairão nunca mais. Vai votar assim mesmo?

Você que é que é homossexual, sabe que ele não aceita sua escolha. Vota em quem te despreza?

Você que odeia e vota contra o PT esquece que ele foi ministro da pesca do governo Dilma? Quer mais que isso?

Vote, sim. Se você for homem, branco, hetero e de família tradicional cristã (Em que século ele vive?). Se não for, você não serve. Preste atenção no que faz. Nos conceitos que virão juntos. Eles vão fazer parte do seu dia a dia e mandar em você.

Dentre as mentiras que Crivella falou em sua campanha, está a de que os padres estão a seu favor. Conheço vários. Mas nenhum desse tipo. Você conhece algum?

Crivella tem duas empresas em paraísos fiscais, nas ilhas Cayman. Pode falar em moralidade? Fala sério. Me poupe.

Eu já votei nulo. Escaldada, também não confio integralmente em mais ninguém. Mas pense um pouco mais. A situação está muito feia. Pode ainda piorar. Compare. Não os discursos. Que palavras o vento leva. Compare as posturas, as alianças, as pessoas que os cercam. Os amiguinhos vêm no combo. Vamos colocar no poder mais um governo cercado de corruptos?

Não sou a favor de Freixo. Sou contra o Rio de Janeiro ser governado pela Igreja Universal. Não tem saco para ler as propostas? Veja os debates, quem foi e quem faltou. Veja as reações nos vídeos. Quem mente, quem desvia e não responde e quem fala e se expõe.

Votar nulo ou branco, nesse momento é botar o Edir Macedo no poder. De onde ele não sairá nunca mais.

Meu coração se encolhe no futuro que se anuncia. O medo é que o pior Marcelo vença e que amanhã não seja nunca mais um novo dia.

– E-u  v-o-u  c-u-i-d-a-r  d-e  v-o-c-ê.

Repete o ser cínico, com fala de robô e sobrancelhas esquisitas. Praticamente um alien.

A proposta dele é ser pastor. A sua é ser ovelha? Crianças e incapazes. Esses precisam de cuidados. Você é criança? É incapaz? É ovelha? O SIM para Crivella é um NÃO bem longo para você. E para todos nós.

Qual Marcelo é o seu? Qual faz o seu tipo? Os dois são péssimos para você? Vote no menos pior.

Querer um Rio melhor e votar no corrupto Crivella é como tentar dirigir um navio que está com um leme quebrado. Vale mais o que te cuida ou o que te convida a fazer junto?

Quem sabe Freixo não seja uma chance ao Rio, à você e à democracia.

Comente com Facebook

Se quiser conhecer meus livros