terça-feira, junho 27, 2017

O que é o amor?

  Qual é o tempo do amor? Quanto tempo o amor dura? Virá pré-determinado? Ou é jogo de cintura? Afinal o que é o amor Como ele se afigura? Me pergunto se é amor O que, às vezes, parece loucura Vale a pena o amor? Será ato de extrema...

Te quero assim desse jeito

  Se minha alma for caipirinha Você é o melhor limão Você é mar bem calminho Num dia de lindo verão Você é vela acesa Em fechada escuridão Te quero assim desse jeito Sem nenhuma alteração Porque você me encanta Acelera meu coração Minha casa vazia Só quer você de botão  ...

O meu jeito

Me doem expectativas Do que eu quero e não acontece Talvez seja apenas o tempo Do tempo que o tempo tece Mas eu aflita me encolho Enquanto a alma umedece E, sem mais saídas, rezo Quem sabe adianta uma prece Mônica Raouf El Bayeh

O amor que tu me tinhas

O sorriso que tu me destes Era vidro e se quebrou O amor que tu me tinhas Paraguaio se desmanchou Não importa. Fica a dica Na próxima terei mais cuidado Escolherei com capricho Quem deve ficar ao meu lado Mônica Raouf El Bayeh

Quando uma porta se abre

  Quando uma porta se abre Posso entrar ou sair Limpar, varrer, mandar embora Ou sedutoramente atrair Uma porta só se abre Se eu também consentir Muitas portas se abrem por dia Sem que eu saiba usufruir Portas abertas são tudo Partidas podem ferir Chegadas renovam, é certo Deixo o universo...

Foca em mim

PARA TUDO E FOCA EM MIM Fico aqui na espreita Olhando de canto de olho Na vontade de ser agarrada Mas me tranco em ferrolho Você nem me dá bola Parece que tem antolho Me queria na sua cabeça Como sonho, desejo ou piolho Para tudo. Foca em...

Ficar de boca calada

Ficar de boca calada E andar de bicicleta Duas coisas que não aprendi Mas queria ser boa atleta Só me meter onde fui chamada Quem sabe, às vezes, nem isso Disfarçar, sem falar a verdade Com cara de paisagem ou caniço Por fim, sair à francesa Quando a...

Repare no que não digo

    Não repare no que não falo Veja o que não digo Não me gasto, nem me desgasto Com quem finge ser meu amigo Meu olho fala por mim Mas comprar briga? Não brigo Rio e xingo por dentro Silêncio já é bom castigo Não me perco em...

Em caos e em calmaria

EM CAOS E EM CALMARIA Me cubra só de olhares Com doce perfume de afeto Me olhe como quem abençoa Em silêncio suave e secreto Seremos tijolo forte Instalado com bom cimento Unido por lindas lembranças Pleno de agradecimento Na decisão da felicidade Que se faz a cada dia Bordaremos...

A VIDA É UM TSUNAMI Na leveza de um tsunami A vida me vira do avesso Vejo tudo pelos ares De dor quase enlouqueço Depois, aos poucos melhoro Devagar amanheço Já não busco porquês Nem discuto, nem esclareço Buscando razão para tudo Apenas me enrijeço Reconstruo, me refaço Com o tempo...

ÚLTIMOS TEXTOS

Respire fundo

Silêncio

Falta

Diferenças

Perspectiva